Eternos Aprendizes

08/03/2009

HiRISE guia o robô explorador Opportunity em sua incrível jornada pelas dunas de Marte rumo à cratera Endeavour

HiRISE guia o robô explorador Opportunity em sua incrível jornada pelas dunas de Marte

Robô Opportunity trafega sobre as dunas marcianas (NASA/HiRISE/Universidade do Arizona)

Robô Opportunity trafega sobre as dunas marcianas (NASA/HiRISE/Universidade do Arizona)

Não nos resta dúvida que são imagens como essa que reforçam as perspectivas do programa de exploração de Marte. Atualmente temos dois veículos de exploração que têm viajado através da paisagem de Marte há 5 anos (Êpa! Eles foram projetados para operar por apenas três meses!), além de 3 satélites orbitando o planeta vermelho suportando uma grande variedade de estudos científicos. A sonda espacial MRO (Mars Reconnaissance Orbiter) orbita Marte a 250 km de altura e tem cumprido sua missão de “reconhecimento orbital” brilhantemente. É através desse satélite que o programa High Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE) está ajudando o robô explorador Opportunity a achar o melhor caminho através das ondulantes dunas de areia do Meridiani Planum. São robôs ajudando outros robôs em Marte…

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

Anúncios

06/02/2009

HiRISE mostra imagens de impactos explosivos na superfície de Marte

HiRISE mostra imagens de impactos explosivos na superfície de Marte

Impacto em Marte capturado pela Mars Reconnaissance Orbiter e tratado pelo HiRISE

Impacto em Marte capturado pela Mars Reconnaissance Orbiter e tratado pelo HiRISE

Centenas de objetos vêm do espaço, em geral fragmentos de asteróides, e castigam Marte todos dos anos. Algumas vezes, como na Terra, esses objetos atravessam a atmosfera marciana. Mas a atmosfera marciana é muito mais tênue que a da Terra, o que implica em uma maior quantidade de objetos atingindo o solo do planeta vermelho. Se o bólido se quebra em pedaços, mas não se desintegra, o resultado será um aglomerado de crateras. A imagem acima é um exemplo disso: um grupo de crateras em Marte. Embora a presença de crateras em Marte seja um fenômeno relativamente comum, esse exemplo acima é raro pois há uma linha negra entre as duas maiores crateras. Os cientistas do projeto HiRISE estimam que o objeto partiu-se em dois pedaços de tamanho similar na entrada da atmosfera marciana e que as explosões interagiram entre si gerando essa curiosa linha negra entre as crateras…

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

08/10/2008

Mercúrio revelado pela sonda Messenger

Mercúrio revelado pela sonda Messenger

O planeta Mercúrio é conhecido pela humanidade desde que a história tem sido registrada. Por outro lado, há partes do planeta mais interno do Sistema Solar nunca haviam sido vistas até agora.

Mercúrio revelado pela sonda Messenger {1}

Mercúrio revelado pela sonda Messenger

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

Blog no WordPress.com.