Eternos Aprendizes

30/04/2009

Eternos Aprendizes em novo endereço!

ATENÇÃO !

Exoplaneta gelado

Eternos Aprendizes estão agora em novo endereço!

O novos posts de Eternos Aprendizes relacionados aos temas Astronomia, Espaço, Exploração Espacial, Cosmologia e Física estão sendo publicados em nosso novo endereço: www.eternosaprendizes.com

ou: http://eternosaprendizes.com

ou, via RSS: http://eternosaprendizes.com/feed/

ou, por RSS ATOM: http://eternosaprendizes.com/feed/atom/

Os posts antigos e seus comentários foram todos migrados para o novo endereço, no entanto, para que os leitores não percam os links antigos, manteremos aqui os posts originais, com ponteiros para o novo blog por mais alguns meses.

Esperamos por vocês lá!

ROCA e ξΥξ

27/02/2009

Mike Salway nos mostra a múltipla conjunção: Lua, Mercúrio, Júpiter e Marte

Mike Salway nos mostra a múltipla conjunção: Lua, Mercúrio, Júpiter e Marte

Em 22 de Fevereiro, teve início uma bela conjunção. A Lua deu uma brilhante exibição no oriente, uma vez que se juntou a outros três corpos celestes, Mercúrio, Júpiter e Marte, dando aos espectadores uma sensação de profundidade e sentimento.

O astrônomo amador e também fotógrafo Mike Salway, eternizou sua experiência diante dessa bela conjunção através de fotos incríveis. Acompanhe a seguir a história relatada por Mike Salway, na manhã de 23 de fevereiro:

Lua, Mercúrio, Júpiter e Marte em comjunção na madrugada, por Mike Salway

Lua, Mercúrio, Júpiter e Marte em conjunção na madrugada, por Mike Salway

Adoro a Lua e conjunções planetárias e adoro fotografar pela manhã. Quando os dois eventos se combinam é o momento em que espero criar algo especial. Na manhã de 23 de Fevereiro, uma bela conjunção surgiu no céu rosado do amanhecer. A Lua Crescente brilhou no oriente, uma vez que se juntou a outros três corpos celestes, Mercúrio, Júpiter e Marte para nos dar uma sensação de profundidade e sentimento com relação aos céus matinais.

Noite passada eu sentei na cama perguntando-me aonde iria para fotografar esta vista maravilhosa… Perguntava-me se o céu estaria nublado, se o céu estaria limpo, se o céu iria fornecer o mesmo cenário dramático que me foi antes apresentado quando fotografei a Smiley Face Conjunction [ conjunção sorriso, Vênus, Júpiter e a Lua, dezembro de 2008 ].

Felizmente, tudo veio acompanhado de uma bela manhã de fotografias e eu fui capaz de captar algumas imagens impressionantes da Lua, Júpiter, Mercúrio e Marte em conjunção.

A imagem acima é a minha favorita da sessão de fotos e foi feita com a Canon 20D e lente Sigma 17-70mm @ 33mm, f/5.6, 2.0s com exposição @ ISO800.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

26/02/2009

Kaguya fotografa o Anel de Diamante: o eclipse do Sol visto da Lua

Kaguya fotografa o Anel de Diamante: o eclipse do Sol visto da Lua

Kaguya fotografa o anel de diamante

Kaguya fotografa o anel de diamante

Na foto acima está algo que nós não conseguimos ver daqui… De fato, é a primeira vez que isso é documentado. Em 10 de fevereiro de 2009 a sonda japonesa Kaguya (Selene) que está em órbita em volta da Lua capturou com sucesso uma imagem de um eclipse penumbral lunar. Nesse caso é diferente: trata-se da Terra passando em frente do Sol, visto da Lua. SIM, isso mesmo! Visto a partir da Lua…

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

25/02/2009

Onde e como ver o Cometa Lulin nos próximos dias

Onde e como ver o Cometa Lulin nos próximos dias

O cometa Lulin tem estado mais visível desde 23 de fevereiro e será possível observá-lo até março, conforme informa Robert Naeye editor chefe da Sky and Telescope.

O cometa Lulin em 22 de fevereiro por John Nassr, Filipinas, spaceweather.com

O cometa Lulin em 22 de fevereiro por John Nassr, Filipinas, spaceweather.com

“Em um lugar não poluído, bem escuro (sem poluicao luminosa), durante uma noite clara – o que não é muito comum hoje em dia  – o cometa está fracamente visível ao olho-nú”, segundo Naeye. “Até nos subúrbios, com baixa poluição luminosa, é possível vê-lo com um bom par de binóculos. Mas você terá que saber exatamente onde olhar”.

Para isso, veja essa carta estelar de SkyandTelescope.com/CometLulin.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

20/02/2009

Cobras das trevas no espaço sideral

Cobras das trevas no espaço sideral

Não, eu não vou falar sobre anacondas malditas vindas das trevas. Na verdade esse post irá tratar de um assunto bem mais interessante: as nebulosas escuras descobertas pelo astrônomo E.E. Barnard, o descobridor da Estrela de Barnard. Acompanhe a tradução do artigo publicado APOD que fala sobre isto.

Snake in the Dark – Crédito ©Stéphane Guisard (Los Cielos de Chile)

Snake in the Dark – Crédito ©Stéphane Guisard (Los Cielos de Chile)

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

O telescópio orbital Swift mantém o Cometa Lulin em vista

O telescópio orbital Swift mantém o Cometa Lulin em vista

Essa imagem do cometa Lulin foi obtida em 28 de janeiro de 2009 combina dados obtidos pelos dispositivos de ultravioleta, ótico e raios-X (azul, verde e vermelho) do telescópio orbital Swift. Nessa data Lulin estava a 160 milhões de km da Terra e 185,5 milhões de km do Sol. Crédito: NASA/Swift/Universidade de Leicester/Bodewits et al.

Essa imagem do cometa Lulin foi obtida em 28 de janeiro de 2009 combina dados obtidos pelos dispositivos de ultravioleta, ótico e raios-X (azul, verde e vermelho) do telescópio orbital Swift. Nessa data Lulin estava a 160 milhões de km da Terra e 185,5 milhões de km do Sol. Crédito: NASA/Swift/Universidade de Leicester/Bodewits et al.

A sonda espacial Swift tem trabalhando dobrado nesses dias. Normalmente esse satélite observador de raios-gama varre o céu a procura as poderosas explosões de alta-energia cósmicas, ou seja, os famosos GRBs (explosões de raios gama – gamma-ray burst). Agora o Swift está também monitorando o cometa Lulin que está se aproximando da Terra. Pela primeira vez os astrônomos estão vendo simultaneamente imagens em ultravioleta e raios-X de um cometa. “O cometa Lulin está liberando uma quantidade imensa de gás, o que o transforma no alvo ideal para observações de raios-X”, disse Andrew Read de Leicester.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

19/02/2009

O cometa verde Lulin e suas duas caudas

O cometa verde Lulin e suas duas caudas

O cometa Lulin se aproxima. Qual será o seu brilho afinal? Não sabemos ainda… Embora seja notavelmente difícil de prever com precisão o brilho de cometas recentemente descobertos, o cometa Lulin poderá tornar-se visível a olho-nú ao final de fevereiro.

Cometa Lulin

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

25/01/2009

26 de janeiro: surgiu um anel de fogo nos céus, o eclipse anular do Sol

anel-de-fogo-por-mammana

Eclipse Anular do Sol: O anel de fogo nos céus Crédito © Dennis L. Mammana (TWAN)

Hoje, 26 de janeiro de 2009, algumas poucas pessoas de sorte viram o “anel de fogo” no céu. Esse é o nome para a visão central de um eclipse anular do Sol, ocultado pela Lua distante.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

02/01/2009

Conjunção tríplice da Lua, Vênus e Netuno flagrada nos Alpes

Conjunção tríplice da Lua, Vênus e Netuno flagrada nos Alpes

conjuncao-tripla-lua-venus-e-netuno-20081231

Conjunção tríplice da Lua, Vênus e Netuno flagrada nos Alpes {1}
Crédito da foto©: Tamas Ladanyi (TWAN)

Você viu? A última conjunção entre a Lua e os planetas brilhantes em 2008 mostrou uma jovem Lua crescente e um brilhante Vênus após o pôr-do-sol de 31 de dezembro de 2008.

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

02/12/2008

Conjunção rara: Vênus, Júpiter e a Lua sorriem para a Terra

Vênus, Júpiter e a Lua nos céus da Ásia {1}

Vênus, Júpiter e a Lua nos céus da Ásia {1}

Os céus mostraram um raro evento: Vênus, Júpiter, e a Lua juntos. Os planetas alinharam-se (um evento conhecido como ‘conjunção‘) na noite de domingo e juntaram-se a Lua na noite seguinte.

Céu alegre em Los Angeles – Crédito © Dave Jurasevich - Mt. Wilson Observatory

Céu alegre em Los Angeles – © Dave Jurasevich do Observatório Monte Wilson {2}

Para ler o artigo completo, clique aqui

Eternos aprendizes estão em novo endereço: www.eternosaprendizes.com

Eternos aprendizes estão em novo endereço: http://www.eternosaprendizes.com

Older Posts »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.